Notícias

Pacto Global da ONU no Brasil promove evento paralelo a CSW em Nova York sobre inclusão digital e financeira de mulheres

Debates sobre tecnologia, leis inclusivas e ações das empresas para diminuir lacunas de gênero e raça contam com grandes nomes como Benilda Brito e Nina da Hora

Março de 2023 – ‘Inclusão digital e financeira no Brasil: uma perspectiva interseccional do Sul Global’. Este será o tema do evento realizado pelo Pacto Global da ONU no Brasil, no dia 16 de março, em Nova York, na sede das Nações Unidas, com apoio do Boticário e tendo a Exame como parceria de mídia oficial. O encontro será um chamado para engajar empresas a tornarem os campos da Ciência, Tecnologia, Engenharias e Matemática (áreas STEM, na sigla em inglês)  inclusivos e diversos, principalmente para mulheres. Também será uma oportunidade para empresas não-STEM se comprometerem publicamente com ações para diminuir as lacunas de gênero e raça.

Carlo Pereira, CEO do Pacto Global da ONU no Brasil, faz a abertura do evento. “Temos um longo caminho a percorrer para engajar o setor privado rumo a um mundo mais equitativo. E é papel do Pacto Global mostrar que existe uma maneira de gerar resultados tangíveis não apenas no local de trabalho, mas também no mercado e na comunidade, por isso eventos como esse são importantes”, diz Carlo Pereira. “Temos o Movimento Elas Lideram 2030, da plataforma de Direitos Humanos, por exemplo, com a ambição de ter mais de 1.500 empresas comprometidas com o tema e apoiá-las a assumir objetivos ambiciosos, como ter 11 mil mulheres em cargos de alta liderança até 2030. É uma ambição enorme e o início da caminhada. É preciso pensar em outras ações de inclusão dentro dessa temática”.
A Comissão da ONU sobre a Situação das Mulheres (CSW, da sigla em inglês) foi criada pelo ECOSOC – Conselho Econômico e Social, em 1946, para discutir a situação dos direitos das mulheres e o empoderamento das mulheres e meninas em todas as partes do mundo. A ONU Mulheres atua secretariando a Comissão sobre a Situação da Mulher (CSW), que se reúne em Nova York. Este é um dos principais fóruns de negociação e monitoramento dos compromissos internacionais sobre os direitos humanos das mulheres. Participam das reuniões anuais autoridades mulheres, sociedade civil e especialistas.
“A busca por uma sociedade justa e equitativa vem de longa data e tem exigido ações concretas do poder público, empresas e organizações da sociedade civil. Reconhecer a urgência do tema e atuar em áreas específicas é fundamental para a construção de um novo contex
to social”, diz Tayná Leite, Gerente Sênior de Direitos Humanos e Trabalho do Pacto Global da ONU no Brasil. “Não precisamos apenas de mais meninas e mulheres na ciência, por exemplo, mas de uma ciência comprometida com a emancipação e autonomia de quem sempre esteve à margem do fazer ciência. Não é só sobre ter mais, mas também sobre ter melhor”, complementa.

Os debates ocorrerão durante toda a quinta-feira, de 13h às 20h (horário local) e serão divididos em três mesas: a primeira, ‘O papel das empresas na promoção de mulheres e meninas em carreiras STEM’,será um chamado para as empresas assumirem compromissos públicos. A segunda rodada de discussões, ‘Setor público e privado: trabalhando juntos para uma sociedade igualitária’, trará a importância de leis e políticas públicas que garantam o direito das mulheres. Para fechar, CEOs de diferentes empresas participantes do Pacto Global da ONU no Brasil se encontram no  painel ‘A situação das mulheres na perspectiva dos movimentos de direitos humanos da estratégia Ambição 2030’
“Como empresa, entendemos que nosso papel é também ajudar a sociedade a evoluir. Podemos ser agentes sociais de transformação e a parceria com o Pacto Global da ONU também caminha nesta direção, reforçando uma atuação conjunta por uma sociedade mais inclusiva e com mais oportunidades para todos. Nosso papel neste sentido é também fomentar um movimento de forma coletiva que possa promover uma beleza socialmente mais inclusiva e com impacto positivo para sociedade”, afirma Fabiana De Freitas, Vice-Presidente Jurídico, Compliance, ESG e Assuntos Institucionais do Grupo Boticário.
O evento contou ainda com key-note speakers de diferentes setores da sociedade brasileira e internacional. Confira a agenda completa:
13h30 AberturaSanda Ojiambo, CEO, UN Global Compact (TBC)Carlo Pereira, CEO, Pacto Global da ONU no BrasilBlanche Tax, Vice Diretora, Escritório do ACNUR em Nova York
14h Keynote Speaker:Cynthia Muffuh, Head de Direitos Humanos e Gênero, UNGC
14h15 Keynote Speaker:Anna Falth, Head Global para o Empoderamento das Mulheres/WEPs, ONU Mulheres
14h45 Keynote Speaker:Patricia Muratori, Diretora, YouTube Brasil
15h Painel 1: O papel das empresas na promoção de mulheres e meninas em carreiras STEMRaquel Virgínia, CEO, Nhaí Fernanda Ribeiro, Fundadora, Conta Black Renata Petrocelli, Superintendente de Comunicação, EletrobrasHelena Bertho, Diretora Global de Diversidade e Inclusão, NubankModeração: Daniela Grelin, Diretora Executiva, Avon Institute e Membro da Coalizão Empresarial pelo Fim da Violência Contra Mulheres
16h – Mulheres e meninas em áreas STEMRafaela Guedes, Gerente Executiva de Responsabilidade Social, Petrobras
16h15 Painel 2: Setor público e privado: trabalhando juntos para uma sociedade igualitáriaCarol Dartora, Deputada Federal do ParanáSuelma Rosa, Head de Reputação e Assuntos Corporativos para América Latina, UnileverWinnie dos Santos, Especialista em Relações Raciais, CEERTModeração: Tayná Leite, Gerente Sênior de Direitos Humanos, Pacto Global da ONU no Brasil
17h15 Interseccionalidade no centro: perspectivas do sul GlobalBenilda Brito, CEO, Mucua Consultoria e Assessoria Interdisciplinar
18h Painel 3: A situação das mulheres na perspectiva dos movimentos de direitos humanos da estratégia Ambição 2030Roberta Bicalho, Diretora de Gente e Gestão, Grupo SomaEduardo Migliano, CEO, 99 JobsMichele Salles, Diretora de DEI e Saúde Mental América do Sul, AmbevModeração: Gilberto Costa Junior, Diretor Executivo, Pacto de Promoção da Equidade Racial
19h Keynote SpeakerNina da Hora, Fundadora e Diretora Executiva, Instituto da Hora
19h15 EncerramentoCamila Valverde, COO, Pacto Global da ONU no Brasil
Saiba mais sobre as ações promovidas pela Plataforma de Ação pelos Direitos Humanos e como sua empresa pode se engajar:
Clique aqui
 
Confira algumas fotos do Evento: