Notícias

Filme do Pacto Global da ONU ironiza o ESGwashing

Em campanha, Pacto Global da ONU traz provocação entre o discurso e a prática ESG em empresas; assista

Abril de 2023 – O termo ESG (Ambiental, Social e Governança, na sigla em inglês) caiu no gosto da comunicação corporativa. Nos últimos quatro anos, a menção ao termo cresceu 2.600% nas redes sociais – e nas conversas presenciais pós-pandêmicas dos escritórios. A dúvida, porém, é como o mercado de trabalho e as empresas, de fato, absorveram essas práticas. Em muitos locais, criou-se o ESG “da porta para fora”: narrativas que destoam completamente das práticas de uma companhia.
Com humor ácido, a nova campanha do Pacto Global da ONU no Brasil aborda a lacuna entre o discurso e a prática. Para divulgar a Comunicação de Progresso (CoP), documento anual obrigatório para empresas engajadas na rede, o Pacto fez um vídeo que ironiza o greenwashing tão comum aos nossos tempos.
Na CoP, as empresas que aderiram ao Pacto Global precisam compartilhar os resultados anuais sobre temas relacionados aos Dez Princípios e aos Objetivos de Desenvolvimento Sustentável (ODS) da ONU. Neste ano, o Pacto Global traz uma série de evoluções no processo que reforçam o comprometimento de cada empresa engajada com a iniciativa.
 
Saiba mais sobre a nova CoP
 
O ESG-Washing (ESG “da porta pra fora”) está presente em diversos mercados e segmentos. Essa prática é nociva aos negócios e à sociedade como um todo, pois manipula indicadores ambientais, sociais e de governança. As empresas participantes do Pacto Global da ONU têm na Comunicação de Progresso (CoP) a oportunidade de dar transparência a seus indicadores ESG de maneira consistente, objetiva e gratuita. 
“A rede brasileira do Pacto Global da ONU é a que mais cresce no mundo há três anos, o que mostra que o setor privado brasileiro está cada vez mais engajado nos temas de ESG. Mas não basta só se engajar, é preciso ter ações concretas e compartilhar essas informações com a sociedade, por isso a CoP é tão importante. É a oportunidade para as empresas darem transparência a seus indicadores ESG de maneira consistente, objetiva e gratuita. E a campanha traz justamente essa mensagem”, afirmou Otavio Toledo, CMO do Pacto Global da ONU no Brasil.
Com um humor cáustico, a campanha, idealizada pela agência Purpple, investe em situações nas quais há uma profunda quebra de expectativa entre o primeiro dia no trabalho – e as promessas na hora da contratação – e a prática cotidiana.  
“Muitas empresas usam a imagem de sustentabilidade para se comunicar com as pessoas, mas sabemos que nem todas praticam o que pregam. Decidimos usar esse contexto a favor da causa. Em um momento em que muito se discute sobre o ESG, ver o Pacto Global da ONU trazendo uma certa dose de ironia e acidez destaca a mensagem em meio a tanto greenwashing.”, afirma Marcelo Bernardes, CEO da Purpple.
Confira o filme criado pela Purpple: 

 
FICHA TÉCNICA: 
Cliente: Pacto Global da ONUAgência: PurppleCEO: Marcelo BernardesDireção de criação: Rodrigo NiemeyerBusiness: Melissa GamoedaGerente de projetos: Cauri IwamotoHead de estratégia: Carina MigliacioEstratégia: May Midori e André MarcondesCriação: Rodrigo Niemeyer e Thiago Botini
Aprovação cliente: Otávio Toledo, Cecília Galli e Ana Urquiza
Produtora: Fantástica Filmes Direção de cena: Marlon KlugDireção de fotografia: Eli DalcinDireção de arte: Rô MelinkAssistentes de direção: Felipe Claudino Produção executiva: Herminio Vinholi Jr Gerente de projetos: Ana Maria SequinelCoordenação de produção: Marina RossignoliDireção de produção: Ulisses Sant’AnnaSupervisão de produção: Karine BarrosProdução: Marcela Kosinski e Bruna RodriguesElenco: Willian Barbier, Mariane Filomeno, Ranieri Gonzalez, Daniel Lima, Diego Pereira, Nathalia Garcia e Glayson CintraCoordenação-geral de pós-produção: Maguilla Montagem: Emanoel Maciel e Marlon Klug Pós-produção e finalização: Fantástica FilmesMotion graphics: Jean EstevãoColor Grading: Psycho N’Look
Produtora de áudio: CANJAAtendimento: Luba Freitas Coordenação de projeto: Ana Flor Bohrer, Matheus Peres, Flavia Medeiros e RaissaCampello.Direção musical: Eduardo Karas, Lucas Sfair, Filipe ResendeSupervisão Musical: Bruno Vieira Brixel e Leonardo LimaTrilha: Leonardo LimaSound design: Érica Silva Produção de áudio: Nando de Castro, Diego Zorrilla, Ardlez e Murilo Pepler
 
Adaptação do texto disponível em: https://exame.com/esg/esg-da-porta-para-fora-sua-empresa-pratica/