Rede Brasil do Pacto Global inicia construção da Estratégia 2030

Em parceria com a Consultoria Falconi, projeto ajudará a definir os planos da Rede para os próximos 10 anos

30 de julho de 2019 – A Rede Brasil do Pacto Global anunciou, nesta semana, o início da construção de sua Estratégia 2030. O projeto visa definir os objetivos e metas que devem ser o foco da Rede na próxima década, considerando a contribuição empresarial para atingir os Objetivos de Desenvolvimento Sustentável. A iniciativa está sendo construída em parceria com a Consultoria Falconi. 

O projeto é liderado por um Comitê de Estratégia, composto pela presidente do Board da Rede Brasil do Pacto Global, Sonia Favaretto, os membros do Board Jorge Soto e Cristiana Brito, além do secretário-executivo da Rede, Carlo Pereira, a gerente de Relações Institucionais, Barbara Dunin, e o responsável por parcerias e mobilização de recursos, Marcelo Linguitte. O grupo dará suporte ao processo de formulação da estratégia, e será responsável por comunicar avanços e disseminar metas aos membros da Rede. A primeira reunião do Comitê de Estratégia aconteceu em 24 de julho.

Atualmente, a construção da Estratégia 2030 está em fase de consulta com stakeholders. Os membros do Board, líderes dos GTs e Comissões devem ser entrevistados presencialmente por consultores da Falconi. Membros do CBPG engajados na construção da estratégia participarão de uma consulta em grupo, e todos os 830 membros da Rede Brasil do Pacto Global receberão uma pesquisa com o objetivo de deixar o processo ainda mais participativo.

"A Estratégia 2030 é o principal foco da minha gestão na liderança do Board da Rede Brasil do Pacto Global. Com ela, ampliaremos o impacto e a escala dos projetos conduzidos no país, direcionando todos os nossos esforços para o alcance dos Objetivos de Desenvolvimento Sustentável", afirma Sonia Favaretto, presidente do Board da Rede Brasil do Pacto Global. As reuniões do Board e do CBPG serão utilizadas para validar o andamento do trabalho. A Estratégia 2030 da Rede Brasil do Pacto Global deverá ser aprovada em dezembro de 2019 e lançada no início de 2020. 

23 empresas participam do programa Equidade é Prioridade
PMEs sofrem com a pandemia, não recebem apoio, mas tentam manter empregos mesmo com a crise
Nova edição do projeto Empoderando Refugiadas será adaptada ao cenário da pandemia

NOSSOS PARCEIROS

APOIADORES

Grupo Boticário
MRV