Cartilha busca promover a integridade no setor de Limpeza Urbana

Para promover a ética e a transparência nas atividades do setor de Limpeza Urbana, Resíduos Sólidos e Efluentes, a Rede Brasil do Pacto Global e o Instituto Ethos reuniram empresas e entidades da área para criar a Cartilha de Integridade. O documento é um compromisso público para que profissionais estejam cientes de que como agir diante de situações que podem expor a empresa a vulnerabilidades e circunstâncias que podem levar a corrupção.

Por meio de exemplos ilustrativos, o material detalha medidas para reagir diante de situações em que alguém propõe alguma conduta ilícita, principalmente se for um agente público. A cartilha também apresenta práticas preventivas para mitigar os principais riscos enfrentados. Dessa forma, o objetivo é construir um novo padrão de conduta ética e integridade a ser seguido por todas as empresas do segmento. A publicação faz parte de uma frente que inclui outras ações, como um pacto setorial contra a corrupção e treinamentos para as companhias que atuam com limpeza urbana, resíduos sólidos e efluentes.

Para Carlo Pereira, Secretário Executivo da Rede Brasil do Pacto Global, a ferramenta é fruto de mais uma parceria bem-sucedida entre a Rede Brasil do Pacto Global e o Instituto Ethos. “As entidades buscam, juntas, dar luz às questões de integridade no meio empresarial brasileiro”. 

 

Leia aqui a cartilha.

 

Segunda edição do SDGs in Brazil destaca compromisso do empresariado brasileiro com a agenda sustentável
Jovem brasileira disputa final de premiação do Pacto Global
Empreendedorismo: Impactos Sustentáveis
Sonia Favaretto assume a presidência do Conselho da Rede Brasil do Pacto Global
Líder 2030 Talks 2019 - Negócios com causas
Fórum Brasil ODS 2019
Líderes empresariais devem estabelecer metas de clima mais ambiciosas
UN Climate Summit 2019
High Level Political Forum 2019
Evento Setor Privado e Refugiados: como a minha empresa pode contribuir?
Painel de Água na Virada Sustentável do World Water Week
Webinar Introdução à Plataforma de Oceanos do Pacto Global