Notícias



Eventos da Rede Brasileira do

Pacto Global

Please enable Javascript to view this calendar.

O workshop em São Paulo contou com mais de 80 pessoas de diversas empresas e organizações
Imagem: Fellipe Abreu/Rede Brasil do Pacto Global

Treinamentos do SDG Compass conquistam público em diferentes estados do Brasil

Publicado em 6 de fevereiro de 2017

Entre os dias 17 e 23 de novembro, a Rede Brasil do Pacto Global, por meio do Grupo Temático ODS, realizou uma maratona de workshops "Objetivos de Desenvolvimento Sustentável: Da teoria à prática - Workshop do Guia dos ODS para as empresas (SDG Compass)". As atividades aconteceram em Fortaleza no dia 17, Belo Horizonte no dia 21 e São Paulo no dia 23 e foram realizadas em parceria com a Enel, Itaú Unibanco, ValeConselho Empresarial Brasileiro para o Desenvolvimento Sustentável (CEBDS) e Global Reporting Initiative (GRI). O objetivo dos eventos foi orientar as empresas e organizações de diversos portes sobre a como implementar os ODS de maneira estratégica, minimizando seus impactos negativos na agenda, por meio dos cinco passos do Guia SDG Compass. No primeiro semestre de 2016, uma edição-piloto no Rio de Janeiro já tinha sido realizada. No total, mais de 300 pessoas participaram das quatro edições do workshop.

O guia SDG Compass foi desenvolvido pelo UN Global Compact, World Business Council e GRI e lançado em novembro de 2015. Para a Gerente de Sustentabilidade e Negócios Inclusivos do Itaú Unibanco, Giovana Sgreccia, os treinamentos têm demonstrado grande interesse do público em ter contato com os ODS de forma prática. “Em fóruns de discussão, as empresas trazem a necessidade de ver como podem contribuir para os 17 ODS dentro de seu próprio negócio. Nesse sentido, o SDG Compass é um bom caminho”, disse. O Itaú Unibanco atua como coordenador do GT ODS da Rede Brasil e é responsável pela criação da metodologia dos workshops, que trazem cases e dinâmicas para exemplificar cada um dos cinco passos do guia.

Luan Santos, Assessor Técnico do CEBDS, destacou que um diferencial dos workshops é reunir pessoas que já têm experiência no tema, podendo expor dificuldades, entraves e dicas. Pela quantidade de representantes presentes nas edições do treinamento, ele avalia que é uma agenda de grande valor para o setor privado. “Estamos vendo que há uma demanda latente de empresas querendo entender mais sobre um tema que é tão novo”, disse, após participar da edição na capital paulista.

Para Glaucia Terreo, representante da GRI no Brasil, ao estabelecer conexão com uma agenda global, o treinamento trará melhoria qualitativa aos relatórios de sustentabilidade das empresas. Ela ainda comentou que é fundamental articular parcerias para realização do treinamento. “Uma das coisas mais legal do brasileiro é trabalhar em equipe, e as parcerias ajudam muito”.


Tag's: ODS GT ODS Agenda 2030 Enel Itaú Unibanco FIEMG CEBDS GRI UN Global Compact